Como adaptar os pets à casa nova?

Mulher e cachorrinho sentados em uma poltrona
Adaptação do pet a casa nova.
Imagem: cottonbro em pexels.com

Mudar para uma nova casa sempre desperta sentimentos diversos. É comum as pessoas sentirem uma certa ansiedade, um pouco de insegurança, além da empolgação por tudo de novo que está por vir.

Com os pets não é diferente: eles podem se sentir ansiosos e meio desorientados, ainda mais nos primeiros dias.

Mas, você sabia que existem maneiras de fazer seu animal de estimação se sentir mais confortável em sua nova casa? Confira essas dicas para aprender como ajudar os bichinhos a se adaptarem ao novo lar.

Antes de começarmos é importante ressaltar que buscar a orientação de um veterinário é a melhor opção se houver problemas na adaptação do seu pet. Ok?! Agora, vamos lá:

O espaço do pet

Gatinho dormindo tranquilo.
Foto: Александар Цветановић em Pexels.com

Uma das primeiras coisas que você deve fazer quando os móveis, prateleiras e objetos chegarem à sua nova casa é pensar no espaço do seu bicho de estimação. Colocar cobertores, tigelas, brinquedos e cama em um canto ou cômodo é uma ótima maneira de ajudar seu gato ou cachorro a se sentir seguro em meio ao agito da mudança.

O local que você escolher não precisa ser permanente, apenas um lugar para mantê-los mais seguros até que tudo esteja mais organizado.

Um espaço que tenha o cheiro do seu pet para que ele sinta que está em casa, por isso, também é importante não deixar ele sair de casa nas primeiras semanas, até que se acostume com o novo lar e não se perca.

Cheiros e aromas

A maioria dos animais de estimação, especialmente os cães, depende muito do olfato para perceber o mundo. Uma boa maneira de fazer isso é borrifar a casa com certas fragrâncias nas semanas que antecedem a mudança. Depois disso, certifique-se de que o novo ambiente tenha esse mesmo cheiro.

Outra opção é o bom e velho truque de colocar uma peça de roupa sua junto do pet, o que vai deixá-lo mais à vontade.

Se ele sentir o seu cheiro, ficará mais calmo e seguro, fazendo com que o processo de adaptação seja mais tranquilo.

Faça uma adaptação gradual

Apresentar seu amiguinho aos poucos evitará um nível grande de stress e ansiedade. Depois que seu bichinho de estimação estiver confortável, passeie com ele por toda a casa, um cômodo de cada vez.

Não tenha medo de estender esse processo vários dias, dependendo do nível de conforto que ele demonstrar.

A adaptação gradual ajuda os pets a se habituarem aos novos espaços e entender que ali será o seu novo lar. Também é interessante que você tente não deixá-lo sozinho nos primeiros dias, afinal, é tudo muito novo para ele e sempre há o risco do sentimento de abandono.

Então tente fazer companhia a ele por alguns dias.

Conclusão

Estabeleça uma rotina de adaptação com um espaço adequado e horários estabelecidos de passeio para proporcionar momentos saudáveis e seguros aos seus melhores amigos.

Tenha paciência e organize-se que, depois de uns dias, seu pet já vai estar bem tranquilo no espaço renovado.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Inscreva-se para receber nossos conteúdos exclusivos
Não se preocupe, não lotaremos sua caixa de entrada!

Comentários

Veja Também